quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Ele sempre soube - O Pedido

Antes de começar a ler, aperte o play. (: 
O Dia continuava lindo naquela tarde de domingo e após assistirmos o filme, fomos para a sala de jogos do shopping jogar Hockey de Mesa. Ficamos horas jogando. Rimos muito e nos divertimos como crianças. Parecia que não existia vida fora dali. Ficamos ali até cansarmos.
Resolvemos andar na Alameda , uma ala recém inaugurada do Shopping. Ampla, arborizada e aberta, com uma decoração suave e distinta de todas as outras. Lugar perfeito para ficar ao lado de quem se gosta. 

Ele estava ao meu lado, segurando a minha mão. Correntes elétricas percorriam o meu corpo inteiro e meu coração batia de forma irregular. Eu só sabia olhar pra ele, eu só conseguia sentir o calor de sua mão. Eu me perdia toda vez que me encontrava em seu olhar. Aqueles olhos afáveis e encantadores despertavam um calorzinho dentro de mim que eu não sentia há muito tempo. Ele sentia isso,era nítido, dava pra ver no meu olhar. 
Conversamos longos minutos e na maior parte do tempo em que ficamos juntos, apenas nos olhávamos, sem nada dizer, sem se movimentar. Ficávamos ali, parados, tentando entender como a vida pode ser surpreendente e como as coisas acontecem de maneira natural.

- Queria te fazer uma pergunta. - Eu disse num impulso.

- Pode falar. 


Eu não sabia como começar. Era um assunto um pouco delicado e eu não queria que ele se assustasse, eu só queria saber, se ele sentia o mesmo que eu.

- Bem... Eu nunca acreditei nisso. Nunca encontrei ninguém de fato, que sentiu isso de verdade, pois as pessoas tem mania de falar as coisas da boca pra fora, não esperam a certeza dos sentimentos antes de concluir com as palavras...
Ele me olhava confuso e eu continuei:
- Eu nunca pensei que fosse sentir isso, então pensei, repensei e trepensei antes de lhe falar.

- Mas o que é ? - Ele já não entendia mais as minhas palavras. 

- Bem, você acredita em almas gêmeas ?


Ele sorriu.
- Sim, claro que acredito.


- Na verdade, a pergunta é outra. Você acredita que somos almas gêmeas ? Pois, de tudo que eu já li a respeito, que vi em filmes e novelas, eu sinto que somos. Nada parecido havia me acontecido antes. Mas com você, tudo aconteceu de repente. Eu não esperava encontrar alguém que sentisse e pensasse como eu. Não esperava te conhecer, não esperava me apaixonar e muito menos estar aqui agora, nos seus braços. Para ser bem sincera, eu já não esperava nada de ninguém. Eu não criava expectativas e nem me iludia com promessas. Eu não procurava ninguém para a minha vida. Me mantive calma, serena e focada em vários outros assuntos que não fosse relacionados ao coração e então, Deus trabalhou em silêncio, fazendo com que nos conhecêssemos, nos trazendo até este momento. Dizem que as almas gêmeas sentem as mesmas coisas, pensam da mesma forma, têm os mesmos objetivos e se deparam com inúmeras coincidências. Acho que por isso, já gostávamos tanto um do outro antes que acontecesse o nosso primeiro beijo. Não sei ao certo, o porque que eu sinto isso, mas é algo que não sai da minha cabeça.

- Ah amor, eu também sinto isso, e vendo você falando lembrei da novela Alma Gêmea. Realmente, eu mudei muito, eu não tinha os pensamentos que eu tenho hoje e sinto que tudo que eu vivi era uma preparação para quando eu encontrasse você, pois você é diferente de todas as mulheres que eu conheci e eu não tenho mais dúvidas do que eu quero.

- Oun seu lindo, engraçado que agora que eu te encontrei, parece que tudo que eu senti antes por outra pessoa, não passava de bobagem. Que bom que eu te encontrei.

- Eu queria te fazer uma pergunta. - Ele disse num tom sério.
- Pode falar. - Eu respondi curiosa. 

- Na verdade é um pedido...

- Hummmmm!!! - Eu não queria acreditar no que estava prestes a acontecer.

- Você aceita namorar comigo ? - Ele disse com um brilho incontestável nos olhos.

Eu já não sentia minhas mãos nas mãos deles. Meu coração acelerou, as borboletas no meu estômago voltaram a se mexer. Eu nem lembrava que elas ainda estavam ali. O meu sorriso era algo irremediável.

- O que você acha ? - Eu disse num tom divertido.
- É claro que eu aceito. É claro que eu quero namorar com você.

Ele apenas sorriu, me deu um beijo caloroso e em seguida me abraçou. E embora eu soubesse que ele ainda não havia esquecido completamente a ex-namorada, eu não sentia medo. Talvez, futuramente, ele pudesse se arrepender daquele ato, mas eu não me importava. Desde o começo ele havia sido sincero, desde o começo ele havia dito que só fazia alguma coisa se tivesse a certeza dentro do seu coração. Desde sempre, conversávamos abertamente sobre vários assuntos e ele sabia, que o meu papel a partir daquele momento não seria fazê-lo esquecer a ex, e sim amá-lo. Eu decidi que eu não seria um band-aid. Eu decidi que seria a cura.

'' Agora eu sei que sou apenas uma garota
tentando fazer meu caminho nessa vida
E agora eu me sinto maior que o mundo
Com a sua mão na minha ''

Justin Timberlake - Bigger Than The World

(Alessandra Rocha )





Um comentário:

  1. Sinceramente, ADOREI o texto ♥
    Besos *:
    Sah

    saahandradee.blogspot.com

    ResponderExcluir